sexta-feira, 17 de julho de 2009

Elogio da Ignorância (porque sou invejoso)

Ontem passei pela exposição/instalação que está presente na Avenida dos Aliados na qual uma centena de manequins alterados por artistas portugueses e que mais tarde serão leiloados com os lucros a reverter para o magnífico projecto Espaço-T estão ali, de pé durante 24 horas até 31 de Agosto.
Há-os imaginativos, simples, armados em arte complexa e outros coloridos e alegres.
Lá, há também este onde podem escrever qual é o vosso sonho:

Lá para o meio das costas (que bela forma de educadamente dar a vez), entre sonhos de futebolismo, paz mundial e amor eterno está este:
Espero que encontres outros sonhos porque acabado o sonho o Homem cai de secura. E se realmente és assim tão feliz, com a feliz inconsciência e a consciência de o ser continua que te dou os parabéns como um tenista derrotado reduzido à realidade de felicitar uma pessoa melhor.

2 comentários:

Sandy disse...

Não consigo viver sem sonhos..

Nirvana disse...

Viver sem sonhos será como viver sem ar. Sem objectivos. Sem magia. Mesmo quando já se tem tudo (seja lá o que isso for), não será má ideia sonhar em manter esse tudo.